quinta-feira, 9 de outubro de 2014

do pão ao pó
da pança à pompa
Sancho pensa com sua sancha pança
amança Pancho
sua imensa ânsia
do pó ao pó
que do pão a herança
é valeta-ventre
é voluto-vale
é voraz vingança

Um comentário:

Suzana Oliveira disse...

Incrível o jogo de palavras. Sou fascinada por esse tipo de construção. Yuri... continue sempre a escrever mesmo que não comentem ou demonstrem observar suas postagens. Sempre haverá alguém interessado no que tem a dizer.
Parabéns.
Abração.