terça-feira, 2 de setembro de 2014

Todo grande amor
Deixa de ser grande quando acaba

Provei do ópio da tua boca
E na teia dos teus olhos me prendi
Foi meu fim

Agora nem mais sei o que te digo
Mas digo
Insisto

Desiste do amor grande que eu te quero
E deixa meu amor
Que é tão pequeno
Te abraçar

Nenhum comentário: