domingo, 8 de abril de 2012

The Passionate Pilgrim, O Peregrino Apaixonado

De William Shakespeare

III.


Did not the heavenly rhetoric of thine eye,
'Gainst whom the world could not hold argument,
Persuade my heart to this false perjury?
Vows for thee broke deserve not punishment.
A woman I forswore; but I will prove,
Thou being a goddess, I forswore not thee:
My vow was earthly, thou a heavenly love;
Thy grace being gain'd cures all disgrace in me.
My vow was breath, and breath a vapour is;
Then, thou fair sun, that on this earth doth shine,
Exhale this vapour vow; in thee it is:
If broken, then it is no fault of mine.
§ If by me broke, what fool is not so wise
§ To break an oath, to win a paradise?

III.

Não foste de teus olhos a retórica divina,
Contra a qual falta ao mundo um argumento,
Que convenceu meu peito de um perjúrio de mentira?
Votos por ti depostos não merecem sofrimento.
Prometi-me a uma menina; mesmo assim, eu provarei,
Sendo tu uma alma divina, não, não me jurei:
Meu voto foi mundano, teu amor, celestial,
Tua graça, a tendo ganho, me cura de todo mal.
Meu voto foi só bafo e bafo é só um gás;
Quando explora então a terra o justo Sol em seu calor,
Evapora-se o gás voto, mero voto de vapor,
Se está quebrado, se definha, então a culpa não é minha.
§ Que tolo não terá tanto juízo?
§ Se quebra um voto, ganha um paraíso.

2 comentários:

Anônimo disse...

Quem crerá nos meus versos algum dia,
Se neles só se louvam teus dons e qualidades?
Mas sabe o céu que são apenas tumba fria
A esconder tua vida, e só dizem de ti a metade.

governor disse...

puta q pariu vc é phoda ve ai meublog o maio sucesso nas caraibas
http://a-mzos.blogspot.pt/