quarta-feira, 14 de abril de 2010

José Paulo Paes já dizia:
Mataram a poesia
Clamava que não havia
Sido ele o homicida
Mas eu já sabia

A cova
Absolutamente
Não está nada vazia

Um comentário: