segunda-feira, 30 de novembro de 2009

Para Paulo

Hipermétrope
olha atentamente
com seus grandes olhos engrandecidos
pelas lentes convergentes deitadas sob o nariz

Trata-se de um socialista
Um socialista hipermétrope

Literato conceituado
nos nomes mais loucos e refinados da literatura
sabe de cor declamar de Dante à Maiakoviski
e resolver as questões do vestibular

Trata-se de um socialista literato
Um socialista literato hipermétrope

Poeta sensível
às questões sociais e econômicas e políticas
escreve à la Pound
um provençal contemporâneo

Trata-se de um socialista literato poeta
Um socialista literato poeta hipermétrope

Ao cofiar sua barba volumosa
revela os fatos da Folha e da Gazeta
transforma o Flamengo em pauta crítica
é jornalista mais acurado que o mais esperto repórter

Trata-se de um socialista literato poeta jornalista
Um socialista literato poeta jornalista hipermétrope

Do Sabará ao Itaqui
de Itaperuçu, Fazendinha, Cepat, Centro Che
conselheira tutelar, movimento dos surdos, MST
campanha pra prefeito, diretório, Londrina, CPT

Um socialista literato poeta jornalista militante
Trata-se de ninguém menos
Que o camarada Paulo

Nenhum comentário: