sexta-feira, 10 de outubro de 2008

Belos gerentes
Beligerantes
Isso sim é concretismo
Cretinismo
Concorrentes

Um comentário:

Artmann disse...

olá, caro poeta tupi...
gostei bastante dos seus poemas, dos diversos q li rapidamente em seus blogs afins (neste, e "no escritório"(rs) do blog de Gabriel Petrus). Também faço poesia, influenciado, entre famosos e anônimos, também por nosso Leminski q foi qm melhor brincou com as palavras em poemas curtos e geniais nas últimas décadas.
seus poemas são bons e um dia farão parte de livros. quiçá nos sentaremos juntos em algum boteco ou reunião formal de literatura pra discutir arte e declamar boemia!
no entanto, fiquei curioso e incomodado com o fato de não saber seu nome real e encontrá-lo no google buscando referências de meu próprio personagem, o tupinanquim!
Como deve saber se conheceste a arte e especialmente a fama de nossos contemporâneos Trevisan, e o próprio Leminski, artistas paranaenses somos ciumentos, e confesso q fiquei com ciúmes de ver o nome de meu curumim urbano adotado por outro artista, ainda q muito bom e expressivo. Bem, o estudante de direito, me parece, é você, e nada tenho contra o uso de pseudônimos e defendo a mais livre expressividade e interação entre artes e autores, mas como autor de poemas e de quadrinhos que também, de certa forma, são poemas, incomoda-me a possibilidades de futuras confusões... pensa nisso antes de publicar teu livro e tem aí meu e-mail. Ficarei feliz em conhecer um pouco mais do personagem real por trás das palavras e do nome, trocadilho que também adotei desde aquele outro século quando nossos blogs eram de papel e se chamavam fanzines ou livretos... rs.
Abraço; e saudações do autor, Erick Artmann, e personagem, Tupinanquim!