quinta-feira, 4 de setembro de 2008

O Litoral Me Chama


O litoral me chama
Tudo me lembra cachaça de banana
Mas não adianta fechar os olhos

Aquela menina senhora
Com suas calçadas de pedra envelhecida
Me anseiam como uma virgem lasciva

Na beira do rio
Na terra do boi
Essa gente de contradições
Onde o boi é rei
Onde o boi é prato típico
Bumba meu boi na panela de barro
Bumba zabumba pandeiro violão

Não consigo subir sequer uma escada
Só quero descer
Não quero as noites claras
Só quero o leste

Sob a sombra do grande morro
Eu quero rodar de propósito
Deitar ali na grama
Como se fosse um sonho

Mas não adianta fechar os olhos
Tudo tem gosto de cachaça de banana
O litoral ainda me chama!

Nenhum comentário: