sábado, 21 de junho de 2008

Sentido Anti-Horário

Não gosto do espelho
Já devaneio o bastante
A imagem é meu inverso
Quero matá-la

Prefiro me ver na água
Da porcelana da privada
Rodando, rodando, rodando
E indo e voltando limpa

Nenhum comentário: