sábado, 14 de junho de 2008

O Carro do Sonho

É o carro
Do sonho que está passando
Seus olhos correndo como pernas que caem no buraco infindo de meu pulmão
É o carro
Aquele ar sofrido que inalamos juntos em perdição
É a poluição

É o carro
Do sonho que está passando
Velozmente
Com ares de inteligente e pose de senhora
Mas tudo de uma natureza intrínseca e perfeitamente equilibrada

É o carro do sonho
Dos maiores sonhos
Dos teus olhos
Tua boca
Meu maior desejo
Nosso amor

É o carro do sonho
Que está passando
Sonho de qualidade
Como nós dois sozinhos nesta vida
Sonhos de nata
De creme
De chocolate

É o carro do sonho que está passando
Uma kombi setenta e seis
É o carro
Do sonho que vai e vem

Você
Nua
Dando voltas
Grudando no meu suor
Cruzando minha perna
Abraçando-se em mim

É o carro do sonho que passara
Dando voltas
Dando voltas
Passará

E você
Nua
Dando voltas pelas ruas
Tomara que me diga
Que o sonho
É seu também
Que nesta terra
Tudo se planta
Tudo dá

Nenhum comentário: